3 shows americanos inesquecíveis

Em movimento, alguns programas são tão especiais que se movem e permanecem na memória.

Broadway – Nova York

Um plano obrigatório ao visitar Nova York é ver pelo menos um show da Broadway. Conhecida pelos teatros e musicais, a Broadway atrai pessoas de todo o mundo. As opções são variadas, desde clássicos que rodam há anos como O Fantasma da Ópera, Gatos, Os Miseráveis, O Rei Leão e Mamma Mia! Aos mais recentes como The Last Ship, Jersey Boys e Kinky Boots. Uma coisa é certa – todo musical é um sucesso!

Tenha cuidado ao comprar os ingressos, pois a demanda é alta e, dependendo do trabalho, eles podem esgotar rapidamente.

Parque Nacional de Yosemite – Califórnia

Localizado na Califórnia, o Parque Nacional de Yosemite é um imenso vale com vistas de tirar o fôlego. O local tem agradáveis áreas de piquenique que agradam às famílias, e também oferece atividades para os mais radicais. Por exemplo, nas paredes de granito de El Capitan e Half Dome, os alpinistas podem praticar suas subidas; outras atividades como mountain bike e caminhadas também são populares entre os turistas.

O parque conta com excelente infraestrutura, hospedagem, cafés, mercados e restaurantes acessíveis.

Yosemite tem um mirante de 2.000 metros de altura, Glacier Point. As vistas de lá são incríveis e você pode ver a cachoeira principal do parque.

Vale ressaltar que o Parque Nacional de Yosemite é o habitat natural dos ursos americanos. Portanto, fique atento aos alertas e às regras locais.

Grand Canyon

O Grand Canyon é um vale esculpido pelo Rio Colorado ao longo do tempo e é definitivamente uma das obras-primas de tirar o fôlego da natureza. Tem 446 quilômetros de comprimento e 1,6 quilômetros de profundidade. Hoje, é dividido em Norte, Sul e Oeste.

O Grand Canyon South é a entrada principal do parque nacional e tem doze mirantes que os visitantes jamais esquecerão. Durante o passeio, o mais bonito é pegar um helicóptero pelo Corredor do Dragão.

No Grand Canyon West fica o famoso Skywalk – uma passarela suspensa de vidro que dá a impressão de que você está acima do vale.

A parte norte do parque é a mais alta, então a temperatura é a mais baixa. Assim, além de ter menos atrações, essa fronteira só abre em determinadas épocas do ano.

Dentro do parque, há opções de hospedagem no Grand Canyon Village. Devido à alta demanda de quartos, as reservas de hotel são necessárias com antecedência. Se não conseguir, os turistas podem ficar em Tusayan, uma pequena cidade a 12 quilômetros da entrada do parque nacional.

Compartilhe este post:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.